terça-feira, 8 de maio de 2007

COMPLEXO DE CARRIE BRADSHAW. EU ME AMO E SOU CORRESPONDIDA!


Estou ficando constrangida. Eu realmente gosto de desfrutar da minha companhia para várias coisas, como ir ao cinema, por exemplo. Eu amo ficar sozinha!

Ao contar esse meu habito para algumas amigas elas ficaram estarrecidas. Uma delas até fez uma declaração que me deixou meio cabreira: “- Você vai ao cinema sozinha?" Não satisfeita com a minha reação (eu devo ter feito uma expressão de espanto), ela declarou: "Ai que triste!”.

Eu quase fiquei com dó de mim mesma! Além disso, todas as vezes que encontro algum conhecido no shopping, a primeira pergunta é claro é o que eu estou fazendo lá, a segunda é: “Cadê o namorado?”

Por acaso eu sou obrigada a namorar para sair? Quem não tem namorado não tem direito de se divertir? É fogo!!! Isso está criando um mal-estar. Para agravar o negócio, grande parte dos meus amigos é composta por homens gays! Quando as pessoas não me vêem sozinha, elas me vêem com um deles.


Acho que deve ter gente pensando que eu sou sapatão!!! Não que eu me importe com o fato de me confundirem com uma sapata, mas é simplesmente por não ser a minha opção.

Devo confessar que não sou tão independente assim. Às vezes sinto necessidade de uma companhia que não seja eu, a minha mãe ou o meu irmão. Mas essa seria bem-vinda somente em algumas sextas e sábados à noite. Aí está o problema. Como eu conseguiria administrar os momentos em que eu precisasse ficar sozinha?

Em um relacionamento antigo, não consegui controlar isso e foi um desastre! O cara era muito inseguro e queria me ver todos os dias, e eu acabava cedendo. Em pouco tempo o namoro estava totalmente desgastado e o motivo foi a minha necessidade de ficar sozinha, ou melhor, a obrigação de estar sempre acompanhada por alguém.

Algumas amigas me disseram sonhar em namorar um cara que não saísse de perto, mas só de pensar nessa idéia eu já fico enjoada!

Enfim, eu gosto de ficar sozinha. Eu sou a minha melhor companhia. Posso até ser egoísta, mas não quero mudar. Pelo menos por enquanto. Faço minhas as palavras do Caetano Veloso “Eu me permito” achar que um relacionamento pode ser legal, mas também pode atrapalhar meus planos e ainda me tornar dependente. Só vai funcionar se eu achar um cara que entenda que eu tenho meus momentos IN (chique essa expressão, não?), mas ao mesmo tempo, que me que me ligue no fim do dia para saber como eu estou.

Quanto a quem acha que é triste fazer ter autonomia e independência, só o que eu tenho a dizer é que na verdade a sua melhor companhia deve ser você. Triste mesmo é se sentir sozinho se não tiver ninguém ao lado. Dá a impressão de que você não é ninguém ou que você não agüenta desfrutar da própria companhia.

Bom, é isso, já desabafei e na próxima vez em que eu sair sozinha e foi indagada sobre a companhia masculina já sei o que vou dizer: “Melhor acompanhada não poderia estar, estou desfrutando da minha companhia, que melhor?"

Mas falando em relacionamento (de novo) eu confesso que tenho um único temor: ficar muito seletiva e exigente. É claro que temos que exigir qualidade mesmo, mas não podemos esquecer que temos defeitos também, e se nós os temos, por que o nosso namorado não pode ter? Mas esse e um assunto para outro post.

2 comentários:

Lygie da veiga disse...

Concordo em td com vc, eu tbm vou ao cinema sozinha, ao shopping, a pizzaria.....faço varias coisas sozinha, pq nao? Eu adoro tbm minha companhia.....mas no sabado a noite minha companhia tbm nao eh suficiente......enfim...a gente se vira...tem amiga, amigo, irmao.....mas q é td de bom tbm se divertir sozinha as vezes he!!!

miiih. disse...

Acho que se eu tivesse lido seu blog em qualquer outro momento da minha vida, não teria me identificado tanto.
Ando assistindo muiiito Sex and The City. . deve ser isso.
ando em crise comigo mesma.
Dou-me o direito de experimentar um relacionamento com alguem que me ama, que gosta da minha família e que é toooootalmente inseguro. .
ou continuo com a vida que eu sempre gostei de ter. . com meus "momentos IN" (gostei disso ), minhas vontades controladas apenas por mim e mais nenhuma situação ?!

Solteira e Fabulosa ( ponto de exclamação ).
. . me sinto mais a vontade pra ser eu mesma, quando estou comiigo mesma.


um beijo e Obrigada por
me fazer sentir aliviada em pensar que não sou a unica a necessitar de momentos assim.