sexta-feira, 11 de maio de 2007




Peço desculpas pela minha lassidão e falta de criatividade temporária. Há coisa mais preguiçosa do que republicar textos no blog? Daqui para frente serei mais honesta simplesmente dando vazão a toda a minha indolência.
Tudo bem que o meu blog nunca teve mesmo a pretensão de ser diário... Mas daí a se tornar semanal ou quinzenal também não dá! Mãos a obra!!!


VISITA DO PAPA TRANSFORMA A VIDA DE SÃO PAULO

EM INFERNO!!!

Hoje é o último dia da visita do Papa Bento XVI na capital paulista. Trânsito intenso em toda a cidade e arredores, programação de TV interrompida para transmitir as chegadas e saídas, pousos e decolagens... O país se divide entre caos e euforia. Mesmo quem não é católico, como eu por exemplo, sofre as conseqüências.

A igreja católica foi cúmplice das maiores atrocidades da humanidade. Eles silenciaram diante do holocausto que matou milhões de judeus, eles calaram diante da escravidão dos negros e agora querem destruir os gays.
O NOVO PAPA E A HISTÓRIA
Joseph Ratzinger, eleito Papa após a morte do carismático João Paulo II, foi durante 23 anos o guardião da Congregação para a Doutrina da Fé do Vaticano. Esse órgão ficou no lugar do antigo tribunal da Inquisição. Você se lembra dessa aula de história? Vamos refrescar a memória.

Em nome de Jesus Cristo, sacerdotes católicos montaram um esquema para matar todos os "hereges" na Europa. Hereges eram as pessoas que ousavam discordar da ordem estabelecida pela igreja católica. Entre eles estavam os judeus, as bruxas, os reformadores e protestantes e também quem discordava da política oficial.

Você, que conhece alguma coisa sobre a bíblia ou sobre a história, é capaz de apontar, em algum lugar das Sagradas Escrituras, um trecho que mostre que Jesus tenha matado alguém que discordasse dele? Ele recomendou que algum apóstolo ou seguidor fizesse isso? Para mim, é no mínimo suspeito...
A NOVA REALIDADE DA IGREJA CATÓLICA
Graças a Deus, (e não à Igreja Católica), o planeta colocou panos quentes em alguns desses fatos e empurrou outros para ‘debaixo do tapete’. Agora as guerras que envolvem religiões se concentram no Oriente Médio. Até quando, ninguém sabe! Mas, para mim, essa igreja continua sendo estranha.

É uma das maiores detentoras de terras do nosso país e não doa ‘nadica-de-nada’ para a reforma agrária. Em tempos de AIDS recrimina o uso da camisinha. A tudo isso se acrescenta a famosa lista de pecados divulgada pelo Vaticano, lista essa que de tempos em tempos é reformulada.

Uma das últimas do Vaticano é menosprezar a importância do trabalho da mulher na sociedade. Um dia desses, eu estava assistindo TV e a notícia dizia que a competição entre homens e mulheres no mercado de trabalho enfraquece as relações familiares. Eu fico furiosa só em lembrar...
Fora a proibição do uso de anticoncepcionais e a ameaça de excomunhão dos políticos que votaram á favor da legalização do aborto no México. A igreja católica também proíbe a segunda união matrimonial, o divórcio, e é homofóbica, como eu já disse anteriormente em outras palavras.

Com toda a sua ideologia de ‘voto de pobreza para cá, voto de pobreza para lá’ é dona de um dos bancos mais poderosos do mundo, O Banco do Vaticano. Pode até ser que eu esteja mal informada, mas nunca ouvi dizer que eles fizeram algum tipo de doação para causas justas.
E as roupas do Papa, que não têm absolutamente nada de simples? E aqueles anéis de ouro? Não me lembro de ter visto Ghandi usando jóias e nem roupas caras.

O Diego Maradona é drogado, batizou a água da nossa seleção, mas eu sou obrigada a compartilhar da opinião do argentino cheirador. Ele disse em uma entrevista recente que o Papa vai aos países, gera gastos, e não deixa nenhum centavo para os pobres.

É claro que a igreja católica tem figuras muito importantes como o Frei Beto, Dom Helder Câmara e outros que lutaram contra a ditadura militar e a desigualdade social. Há muitos católicos de boa fé na vida e nas pessoas. Mas a organização dessa igreja é algo que tem um cheirinho que não agrada...
Sei lá!

Um comentário:

Lívia disse...

Assino embaixo.
E sustento que a Igreja Católica = atraso.
A maioria das religiões o são.
Não consigo entender como ninguém enxerga tanta barbaridade.
Ok a parte social, algumas dioceses procuram ajudar as pessoas carentes da região.
Mas interpretar os famosos livros sagrados de forma manipuladora e inescrupolosa, interferindo no direito de executar a vida, que é só sua, da maneira que lhe convém, é invasão de privacidade.
Manipulação. Esse alto clero devia ser processado.
O tempo passa e continuamos na mesma pensando que evoluímos.