sexta-feira, 6 de junho de 2008

TRAGO BOAS NOVAS




Nunca vi uma pessoa mudar tanto de emprego e de cabelo como eu. De emprego ultimamente, graças a Deus, tem sido sempre para melhor. Já de cabelo...
Bem, mas o que interessa é que finalmente eu consegui um estágio bacana eu uma das maiores construtoras do país. Olhaaaaaaaa... E o melhor, trabalho no braço social da empresa, não preciso ficar vendendo pauta para promover a imagem de ninguém. Bacana, né? Tinha que compartilhar isso com vocês!

Foi o fim da semi-servidão na qual eu me encontrava, por minha própria vontade, vale ressaltar. Você se lembra que eu estava estagiando de segunda a sexta em uma agência de comunicação, e aos sábados e domingos ralava em uma livraria? Então, agora trabalho de segunda a sexta e ganho mais do que o que acumulava nos dois empregos. Engraçado, a gente mentaliza e as coisas acontecem mesmo. Eu estava pensando que precisava ganhar mais dinheiro, mas não conseguiria administrar a rotina louca que estava levando, principalmente por conta do TCC, que vai demandar muito tempo e dedicação. Esse estágio surgiu ‘do nada’ e cá estou eu... Benza Deus! Agora algumas das premissas do ano vindouro estão mais próximas, mas tenho que continuar economizando, mesmo ganhando mais, se não o dinheiro não dá.

Na faculdade está tudo tão corrido, mas mal posso acreditar que já estou no último ano, e nas últimas semanas de aula. Acho que são só mais umas 3 e depois vêm as férias de julho, ai é só a orientação para o TCC.

Agora além de viciada em doces de forma geral, me viciei em beber café comendo chocolate. Ai, ai, ai...

Agora aquele assunto recorrente: coração.

Você já gostou de alguém que não sabia que ele era seu querido (a)? E já houve momentos em que você queria estar ao lado dessa pessoa e não pôde? Isso não dá uma angústia louca? É uma sensação de aperto no peito, é uma tristeza que dá para sentir fisicamente. É verdade, se você prestar bem atenção vai perceber que está sentindo uma dor bem suave (não sei se isso é possível) no peito. Às vezes dá até falta de ar... Bom, vou tentar parar de pensar nisso, afinal não tenho escolha... Mas em véspera de dia dos namorados, a data que, para mim, se tornou a mais maldita do comércio nos últimos tempos, fica um pouco mais difícil. Esse negócio de ‘me dar’ presente já encheu “os pacovás”! Há alguns anos isso era sinônimo de independência, mas agora eu estou é ficando chateada...

No mais a minha vida está maravilhosa. O meu TCC está complicado, mas tudo vai dar certo, porque estou fazendo com as pessoas certas e escolhemos um tema bacana, que está em alta. Faltou uma amiga para completar o grupo, mas estamos indo...

Não sou hippie e nem tão pouco o Caetano Veloso, mas ‘A vida é liiiiiindaaaaaa!’

A palavra de ordem para mim é obrigada. Eu agradeço a Deus por tudo. É engraçado como só o tempo nos mostra algumas coisas né? Depois que eu comecei a prestar mais atenção na vida e relacionar as minhas ações do passado com o que acontece agora as coisas ganharam outro tom para mim. Tantas vezes eu quis por que quis algo, não consegui e me decepcionei, mas depois de algum tempo pude ver que tivesse conseguido isso teria mudado o rumo da minha vida por completo, e como ela está muito bem agora, as chances de estarem bem em outra situação são menores né? Algumas vezes também eu passei por percalços que me fizeram questionar qual era o motivo daquilo, e depois eu pude ver que era só um degrau que eu tinha de subir para chegar mais perto do que eu julgo ser felicidade. Enfim, tudo se encaixa. Se há alguma coisa errada na sua vida é porque ainda não chegou o final desse capítulo, porque no final tudo dá certo. É só acreditar e fazer a sua parte com perseverança. A vida é isso aí. São as dificuldades que enfrentamos, as lutas que vencemos -e também as que perdemos-, as pessoas que andam ao seu lado a vida toda e aquelas que andam só um quarteirão ou até a próxima esquina, mas que te fazem sentir saudades e querer andar juntos e de mãos dadas para sempre...

Pode reclamar, ás vezes até faz bem. Mas como diria a propaganda Keep Walking, porque tudo vai se ajeitar.


Salve salve o otimismo. Fé em Deus e pé na tábua!

3 comentários:

Huguinho disse...

Parabéns por esta nova conquista!!!É muito bom quando mudamos para algo melhor, dá um entusiasmo a mais.
Sobre o lance do coração, já passei e passo por todos estes momentos aí citados. Pensar em dar presente para mim mesmo, no dia dos namorados eu ainda nunca fiz, você acha que eu deveria fazer esta experiência?
Eu também adoro a vida e tento curti-la o máximo.

Abraços

Claudia disse...

Oi Denise é a a Claudia da facu, mas conhecida como Samajauskas (RS).
Nunca tinha passado por aqui, e agora que o fiz gostei!.

Parabéns pelo novo trabalho e pela nova fase...

Bjs

Ana Carla disse...

Estava com saudades dos seus posts!
O último que vi era o de março, voltei algumas vezes mas você não aparecia aí fiquei um tempo sem vir!
Mas, seja bem vinda novamente!

Beijos

E outra, parabéns pelo novo estágio!