domingo, 11 de fevereiro de 2007

MASTURBAÇÃO, SIM OU NÃO?



Mais uma conversa entre amigas que rende um post. Há umas duas semanas eu e mais três amigas perdíamos o nosso precioso horário de almoço para discutir, ou melhor, malhar os homens. Não sei como o tema do papo foi direcionado para outro assunto ‘masturbação’.

Estranhei a minha reação. Fiquei quietinha, só esperando alguém se declarar “praticante do esporte”. Eu pensei que pudesse ser mal-interpretada caso eu confessasse que eu me divertia sozinha. E pasme, eu estava certa.

Alguns segundos depois uma das minhas amigas (sempre uma amiga me desaponta) disse que aos homens é permitida a prática, mas as mulheres não precisam. QUÊÊÊÊÊÊÊÊ??????

Eu, que já havia enchido os pulmões para dar a minha declaração de independência e auto-suficiência sexual, tive que fingir que estava suspirando, e não me preparando para falar.

Mais uma vez me decepcionei comigo. Por que eu não contestei e disse que na verdade, vontade de fazer sexo todos nós temos? Por que eu não disse que não há nada de errado em se masturbar sendo mulher ou homem? Por que eu não disse que nós temos sim o direito de nos ‘divertirmos sozinhas’ e que muitas vezes o sexo solitário é melhor (sim, isso acontece) do que a dois? Que droga!

Perdi mais uma chance de convencer uma mulher de que somos sim iguais aos homens, inclusive nas necessidades fisiológicas (desculpa predileta masculina para justificar traições).

2 comentários:

Camila disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Camila disse...

Aposto cinco contra um como ela não só morre de vontade de fazer como já deve ter tentado umas duas vezes, mas ela ficou insegura de se abrir... porque, cá entre nós, é infinitamente mais difícil uma mulher falar de si diante de outras do que diante de representantes do sexo oposto!!!